Páginas

14/06/16

EMPODERE UMA CRIANÇA

VOCÊ PODE MUDAR O FUTURO DA SOCIEDADE EM QUATRO SIMPLES PASSOS



Já parou pra pensar em como a vida de milhares de mulheres ao redor do mundo todo poderia ter sido melhor se elas e seus agressores tivessem sido apresentados ao feminismo desde pequenos? A televisão apresenta, em horário nobre, propagandas de cerveja onde há sempre uma mulher seminua sendo objetificada. A internet é repleta de piadas sexistas ridicularizando as mulheres, desde as mais "leves" até as mais absurdas. Nas escolas, menino que mal trata uma menina é inocentado por "gostar" dela. Nas festas, homens que levam um "não" como resposta, vão atrás do que querem independente da vontade da mulher. Nas empresas, mulher que recusa atender as vontades íntimas do patrão é demitida. No aniversário da(o) filha(o) os pais se ofendem pela criança ter recebido um brinquedo referente ao outro gênero, tipo um carrinho ou uma panelinha de fazer, sei lá, pipoca? Em casa, os pais ensinam suas filhas a cuidarem do lar pois "um dia terão suas casas", enquanto isso, o outro filho do casal fica no computador jogando simuladores de guerra, voo, violência... 

Isso é machismo, isso é a nossa sociedade. Como podemos mudar esse cenário? 


  • Quando vê-la praticando o machismo, mesmo que seja sem saber, mostre que ela está errada e o por quê.
Não tenha medo de corrigir só porquê é uma criança. O machismo que ela acha normal já machucou e matou milhares de mulheres desde os primórdios da humanidade, quando naquela época o assunto era camuflado com termos tais como: cultura do país e crença. Então mostre pra ela o motivo daquela piada não ter graça ou o porquê da atitude/pensamento que ela teve ser crime e o quanto isso prejudica outras pessoas ao redor do mundo todo.

  • Mostre para a criança que ela pode exercer a profissão que ela quiser quando crescer.
Encoraje-a, mostre o quanto é bom poder fazer as próprias escolhas. Ninguém deve se submeter a largar seus planos porque um grupo de pessoas não acha que ela tenha a mesma capacidade que o concorrente pertencente ao sexo masculino. 

  • Não rotule os serviços domésticos.
Não importa se você tem uma menina ou um menino ou um casal em casa, se for pedir ajuda nos serviços domésticos para algum, saiba que deverá pedir igualmente para todos! E nunca argumente pra sua filha que ela deve aprender a limpar uma casa porque um dia ela terá a dela. O seu filho por acaso não vai ter casa própria? Ele vai morar com os pais pra sempre? 

  • Ensine meninos a respeitar meninas
Lembro como se fosse ontem meus pais lotando minha cabeça de avisos de "como se cuidar" e posso confessar que muitas vezes esses cuidados obrigatórios não funcionavam já que quando um cara passava por mim e minha mãe na rua, a primeira coisa que ele fazia (antes de soltar um sussurro nojento dizendo algo imoral) era fuzilar a gente com aquele olhar horrível de predador. Então, pra ser BEM MAIS SIMPLES E EFICAZ, por quê não educar os meninos enquanto crianças a serem homens decentes? O que nos impede de abandonar a frase "mas ele é homem, ele pode (tudo)"?

_______________________________________________________________________________________________

Deixe aqui nos comentários outros tópicos de empoderamento que você acha importante e vamos todos juntos se ajudar! 


10/06/16

COMPRAS: ONDE ENCONTRAR QUADROS LEGAIS NA INTERNET

UMA SELEÇÃO PARA QUEM SEMPRE SONHOU EM TER UMA PAREDE RECHEADA DELES




Procurei por todos os quadros mais legais do mundo à venda na internet. A lista foi longa, mas separei aqui os mais fofinhos e variados pra inspirar você e quem sabe até te dar uma ajudinha na hora de encontrar os que mais combinam com a sua decoração. E posso falar um negócio? Esse do abacaxi branco tá invadindo as imagens no meu cérebro de possíveis-futuras-decorações do meu quarto e isso tá me perturbando um pouco mas to gostando do que to imaginando. :P

1. Lágrima - Na Casa da Joana
2. Quadro Amor - Encadreé Posters
3. Abacaxi Branco - Pop Decor
4. Rosas - Society6
5. Quadros Diversos - Universo
6. Quadro Zebra - Pop Decor
7. Quadro Panda - Pop Decor
8. Não Era Amor - Na Casa da Joana
9. Let's Get Lost - Na Casa da Joana
10. Smile - Pop Decor


20/05/16

NÓS DESPERTAMOS E QUEREMOS DESPERTAR VOCÊ TAMBÉM

Uma breve conversa sobre o meu maior propósito na vida, feminismo e mudanças




Já fazia tempo que eu questionava os propósitos do blog e me perguntava o que me impedia de transformar esse meu espelho em algo maior. O que vou cotar agora é tão íntimo e especial que posso contar nos dedos de uma só mão o tanto de gente com quem compartilhei essa espécie de pressentimento. Bom, desde pequena sinto que devo mudar algo no mundo, ser reconhecida por muitos mas não por algo fútil e sim por uma causa. Acredito que todo mundo já deve ter sentido isso pelo menos uma vez na vida, então suponho que me entendem. Mas como fazer isso sem ser uma atriz famosa, uma cantora aclamada ou um ícone importante na política?

A causa

Eu leio sobre homens e mulheres que mudaram a sociedade para melhor e me pergunto, onde que posso me encaixar nisso? O que eu tenho de único e inédito que já não tenha sido abordado por outros durante todos esses anos de civilização? São perguntas difíceis que merecem muito tempo para serem digeridas. Eu mereci muito tempo para conhecer o pouco que sei de mim e de mundo que aprendi até agora. Refletir sobre sua vida e despertar para más atitudes de pessoas que você ama é assustador! Mas isso só aconteceu porque, certa vez, enquanto me aprofundava mais no fantástico mundo feminista, fui associando vários fatos da minha vida ao machismo e o quanto isso me prejudicou em diversos momentos. E foi nessa hora que descobri que sou feminista, sim! <3

O empoderamento 

Depois disso, assumo para quem quiser ouvir que eu não admito pai privando a filha de boas amizades porque ele tem "ciúme" dela, não aceito meninos jogando jogos que objetificam a mulher para seu entretenimento, não consigo me relacionar bem com mulheres que ensinam seus filhos a serem futuros maridos machistas incapazes de lavar uma louça etc. Um grande ETC.

Me arrependo horrores de não ter descoberto o feminismo enquanto ainda estava na barriga da minha mãe. Eu teria sido uma adolescente bem mais segura e resolvida com a vida se o feminismo tivesse sido abordado dentro de casa e/ou na escola. Ouvia algumas vezes as pessoas falares "Fulano é muito machista!" e mesmo sabendo o significado da palavra nunca tinha me passado pela cabeça procurar o antônimo da mesma. Me sinto tão idiota por isso, mas não posso me culpar, nunca tinha visto NINGUÉM tomar atitude e impor o feminismo com tanta garra como agora. As amigas da minha mãe falavam que mulher nenhuma pode abaixar a cabeça pra homem e aceitar desaforo, mas nunca tinha visto ou ouvido alguma história de alguma delas sobre cortar uma cantada na rua sem sentir medo, ou usar uma roupa que goste mesmo quando o pai ou o marido ordena não usar, ou até mesmo sair na rua a noite desacompanhada de uma imagem masculina. Isso não é empoderamento, não pra mim. Empoderamento é transformar em ações tudo o que você acredita. Não adianta falar que é contra o machismo sem lutar pelo fim dele.

A mudança 

Então acredito que essa possa ser a minha causa e depois de finalmente encontrá-la, quero disseminá-la ao meu redor e ajudar quem quiser ajuda. Por isso o blog mudou, porquê eu me encontrei. O Nuveline não mudou só na estética, mas também no conteúdo - o que, a meu ver, é o mais importante. Aqui poderemos debater sobre as artérias da cultura machista, abordar assuntos que talvez eu e você nunca pensamos que poderia ser tão ruim às mulheres e, claro, formarmos uma grande nuvem de empoderamento feminino. 


____________________________________________________________________________

Não esquece de me contar o que achou do novo layout e o que gostaria de ler por aqui, tá bom?