13 abril 2016

Jornalismo: Aprendendo a lidar com a fotografia


Caso você ainda não saiba, estou cursando jornalismo na Unifor e uma das minhas cadeiras é Fotografia I (ainda tem mais três semestres para dominar de vez o assunto). Eu amo meu curso e me divirto em todas as matérias/cadeiras, mas, sem dúvidas, Fotografia é a mais dinâmica e prática, consequentemente, acaba se tornando a mais legal! 

Mês passado aprendemos a fotografar em analógicas, ampliar o filme e revelar. Confesso que mexer com os químicos de revelação era mais legal que sair pela universidade fotografando o que encontrasse de interessante pela frente. 

Nessa segunda metade do semestre é hora de botar em prática tudo que aprendemos em sala sobre câmeras digitais e os elementos básicos e essenciais da fotografia. Gostei tanto da atividade de hoje que quis mostrá-la aqui pra vocês.





 Foto da foto da foto, tendeu?





A grande vitória de hoje foi ter aprendido - quase que - sozinha a configurar a velocidade da câmera. Yay! Amo/sou foto em movimento. E preciso confessar umas ideias aqui... minha próxima prova vai ser produzir um ensaio externo, ou seja, prevejo ver muita gente no campus batendo cabelo.



Um dos maiores benefícios de ser de humadas é poder ir pra aula toda rasgada e de rasteirinha sem se sentir deslocada. Meu lado mendiga se sente aceito.





A minha dupla nas aulas é o Ivens e é ele que me ajuda a tirar minhas fotos e a escolher cenários diferentes pela universidade. 

Se você quer cursar jornalismo ou publicidade, saiba que vai passar por essa cadeira e que tudo é muito incrível e divertido. E se pretende cursar um desses cursos na Unifor, corre pra se matricular em uma das turmas do Prof. Jari! Minhas aulas são de 11h30 até 13h e, juro, não vejo o tempo passar de tão distraída que fico. 


Um abraço e até logo! 

12 abril 2016

Looks com peças em marrom caramelo


Se tem uma cor que eu acho mais coringa que o B&W com certeza é o caramelo. Qualquer peça nesse tom acaba se encaixando super bem com o jeans, branco, preto, verde, vermelho, cinza... E, acredito que, essa seja a cor que mais caracteriza o Boho, podendo assim levar a sua tranquilidade e simplicidade para qualquer outro estilo.


Caramelo nas blusas: eu tenho uma blusa da Forever 21 (foto no topo do post) nessa cor e foi a primeira peça que comprei nesse tom que fez eu despertar essa vontade de trazer o caramelo cada vez mais para o meu guarda roupa. 


Caramelo nas calças: ando em busca da calça perfeita nesse tom, sinto que eu usaria muito e com tudo por ser uma peça neutra e, dependendo do modelo, usaria para qualquer ocasião. As minhas preferidas são as skinny de cintura alta, couro fake e pantalona. 


Caramelo nas jaquetas e casacos: amo/sou casaquinhos, não me importo de usar uma jaqueta ou um cardigan no verão desde que a peça debaixo seja um short ou saia para equilibrar a quantidade de pele à mostra. Confesso que quando penso em jaqueta me vem logo o jeans à cabeça, mas, por quê combinar jeans com jeans se a gente pode mesclar com o caramelo?


Caramelo nas saias: já sabemos que as saias de botão lá dos 90's voltaram pra permanecer e, mais uma vez, o caramelo não podia deixar de estar presente também. Assim como nas saias longas, vestidos e peças midi. 


Espero que o caramelo fique mais visível nas ruas e passarelas. Quando vejo alguém vestindo alguma peça nessa cor não consigo desviar o olhar sem desejar a peça pra mim. <3

04 abril 2016

App da vez: Snapseed


O Snapseed é um app já conhecido entre os fotógrafos por ser composto de diversos recursos muito úteis. Atualmente eu uso somente ele pra editar minhas fotos e fico muito satisfeita com os resultados. Vem cá saber o porquê desse app ser tão completo:

No Snapeseed, por exemplo, é possível ajustar o desfoque da foto de uma maneira personalizada. Ao invés de termos um círculo perfeito já pronto, o app nos fornece a opção de moldar onde nosso desfoque pegará e qual a intensidade que ele vai receber, igual como mostro na imagem.

Os filtros do Snapseed são maravilhosos e ponto final. A variedade e ajustes de intensidade são tantos que fica difícil decidir o que usar. Ouso dizer que esses filtros (e o app inteiro) dão de 10x0 no famoso VSCO.


Para esse post editei essa foto usando essas numerações no desfoque + filtro vintage no tom verde dando alguns ajustes na cor e vinheta. 


O app também nos permite fazer ajustes mais simples, do tipo brilho, atmosfera, sombra etc. Em muitas das minhas fotos acabo não usando filtro (deveria, mas muitas vezes não uso mesmo). Gosto de fotografia "natural" e por isso acabo apenas ajustando as cores e luz da mesma, entende? 




Uma dica: sabe aqueles feeds no insta que tem o fundo bem branquinho destacando o foco principal da foto que normalmente tem cores bem nítidas? Então, dá pra fazer isso com o Snapseed!

Aconselho muito que baixem, testem e descubram todos os segredos que o Snapseed tem e todas as possibilidades de edição que ele nos traz. Ah, ele é perfeito para editar paisagens! Já que permite editar o primeiro e segundo plano da fotografia sem que uma edição interfira outra. Simplificando: se você tem a foto de uma árvore ao fundo (2° plano) e um carro vermelho mais afrente (1° plano), você pode deixar a árvore mais verde e viva e o carro mais bordô e mórbido (coisa que não daria usando apenas a saturação) usando a opção "Seletivo". Legal, né?





Testem e depois me contem o que acharam do app, ok? 
Abracinhos e até logo!

29 março 2016

Resenha: Folhas Demaquilantes da Salon Oplus


Quando fui para o Chile acabei sendo obrigada a comprar um demaquilante lá depois do meu bifásico ter acabado, e acabei encontrando um da Nivea em folhas (30 unidades) por cerca de sete reais e, por esse preço, óbvio que comprei. Eu nunca tinha usado essas folhas antes e amei! Desde então só venho usado esse tipo de demaquilante. 

Depois que voltei pro Brasil meu pacotinho ainda durou mais duas semanas e quando acabou fui atrás de comprar mais do mesmo porém encontrei com um preço salgado (cerca de 25 reais) e junto achei o da marca Salon Oplus (a mesma daquele shampoo e condicionador que resenhei aqui no blog) por um preço muito mais em conta levando em consideração que contém 50 folhas!


Usei o produto por duas semanas já e ainda tem folha pra carambaaaa! E como não uso maquiagem todo dia, as 50 unidades vão durar cerca de dois meses e meio ou quem sabe até três. Ah, eu também "reaproveito" algumas folhas! Tipo, quando passo só rímel, pego a pontinha de alguma folha, retiro o rímel e guardo a folha novamente pra usá-la depois porque não vejo necessidade de jogar fora uma folha inteira que só usei a pontinha. 



Pontos positivos:
  • As folhas são bem molhadinhas e isso facilita muito na remoção da maquiagem.
  • Vem 50 folhas. Cinquenta, querida. Tá bom pra você? 
  • O preço vale super a pena, paguei cerca de R$20.
  • Diferente das outras marcas, as folhas da Salon Oplus vem dentro de uma caixinha (que pode ser reaproveitada depois).
  • As folhas são grandes, dá pra tirar tranquilo uma maquiagem inteira com uma folha só.
Pontos negativos:
  • Tem gosto de shampoo.
  • Deixa a pele um pouco oleosa se você não lavar o rosto depois do uso (pra mim isso não é problema porque sempre lavo o rosto depois de usar o demaquilante, acho que isso é o certo, né?)
  • A caixinha pode ocupar muito espaço caso você precise levar ele em viagens.

#NotaNuveline para o demaquilante:

Se alguém aí já usou ou pretende usar me avisa aí nos comentários! E se você tiver sugestão de outras folhas demaqulantes boas e baratas pode me indicar, tá? ;)